FAÇA HÓQUEI NO CLUBE 3 MARIAS

Saiba como a prática de hóquei faz bem ao corpo

Muito popular no Canadá e nos Estados Unidos, o hóquei é um dos esportes coletivos mais completos no quesito saúde.

Além de auxiliar na perda rápida de peso e ser um forte aliado no fortalecimento muscular, ele ainda estimula o bem-estar dos atletas. Saiba mais sobre a modalidade e avalie se tornar um adepto dela.

Hóquei e o emagrecimento

Movimentação. Essa é a palavra de ordem no hóquei, tanto aquele praticado sobre o gelo quanto em quadras. As tacadas e as corridas para manter todas as partes da quadra cobertas e protegidas contra o time adversário exigem um gasto de energia altíssimo.

No Brasil, segundo informações da Confederação Brasileira de Hóquei sobre Grama e Indoor (CBHG), a modalidade praticada sobre a grama é uma das mais praticadas. Nela, os bastões são de madeira e a bola é de plástico e cortiça.
Poucos são os esportes capazes de queimar tantas calorias por hora quanto esse, que cobra movimentos com todas as partes do corpo. O esporte é jogado em quadras de 61 metros de comprimento e depende do uso de tacos compridos e resistentes.

Com eles, os jogadores lançam entre si um pequeno disco de metal, chamado de puck, com o objetivo de vencer as barreiras impostas pelos adversários e acertar a pequena goleira que fica do lado oposto da quadra.

É a necessidade de agilidade que cobra tanto gasto de energia em tão pouco tempo. A cada hora de prática do esporte, são perdidas aproximadamente 570 calorias.

Considerando que cada jogo dura uma hora e que é preciso treinar, pelo menos, duas vezes por semana, cada componente da equipe gasta uma média de 1700 calorias por semana.

Mas o esporte vai além. Antes de ele ser praticado efetivamente, o treino de equilíbrio e velocidade sobre os patins é essencial. Um mínimo de duas horas por dia, de duas a três vezes em uma semana.

Com essa frequência de treinos, é possível perder até 4 quilos em um mês, somente com o esporte. Aliada aos cuidados alimentares, essa perda pode ser ainda maior.

Benefícios musculares do hóquei

Não apenas para queimar gordura que o hóquei é um aliado. Na tonificação muscular, a atividade é ainda mais poderosa.

Os movimentos, o posicionamento e os treinos necessários garantem uma estrutura muscular bem estabelecida.
Se você observar a formação corporal dos atletas profissionais desse esporte, poderá perceber que os braços e as pernas são regiões muito tonificadas.

Isso acontece porque o posicionamento básico para todos os movimentos exige que os atletas fiquem com as pernas semiflexionadas. Desde a empunhadura inicial até a movimentação do puck, todas as jogadas são feitas nessa posição.
Assim, os músculos da perna ficam em constante tensão e acabam se fortalecendo para sustentar melhor o corpo.
A tonificação dos braços também é consequência dos movimentos. A força exigida para que o puck consiga ser lançado na velocidade ideal, que pode atingir 160km/h, faz com que os músculos do braço se fortaleçam.

Os músculos também devem ser treinados e exercitados fora das quadras para uma prática saudável de hóquei. Como as articulações dos joelhos, do quadril, dos cotovelos e dos ombros são muito movimentadas durante as partidas, é preciso realizar treinos musculares com foco em proteger essa estrutura óssea e cartilaginosa.